Skip to content

E chega o frio ao estado sulista…

maio 16, 2011

Sempre digo que o que mais gosto de Porto Alegre são as estações do ano. Há a variação durante o ano, enjoamos de tanto calor, vem o frio, quando não aguentamos mais bater o queixo, as flores começam a aflorar e vem o calor para suar os cidadãos distraídos pela rua.

Claro que, verdade seja dita, há muitos dias que abrangem as quatro estações; o início e duração dessas temperaturas não necessariamente seguem o calendário solar; e é muito fácil ser pego desprevenido pelas tardes da cidade… chuvas repentinas, calorão ao meio-dia, brisa minuana geladinha no fim da tarde… Estejam preparados!! Efeito cebola neles!
Ainda assim, gosto da cidade, e da variação nos termômetros.

Neste momento que, ainda que não saibamos por quanto tempo fica por essas baixas temperaturas, nos convencemos que o verão foi-se embora até o próximo fim de ano, e começamos a fazer aquela história que você, morador de centro-oeste a norte brasileiro, desconhece: “baixamos as roupas de inverno”, guardadas fora do nosso alcance durante o período quente do ano, não só pela organização e praticidade de nossos armários, mas  também porque não aguentamos ver tanta lã no calorão que faz nessa Porto Alegre em janeiro… affgh!

Mas aí que temos a chance de renovarmos o guarda-roupa. Não, não digo em sair às compras conforme a estratégia de marketing mundial. Isso, aliás, não é nada meu perfil, ir as compras… mas enfim, trocamos as vestimentas. E vamos combinar, por algo que nos deixa muito mais alinhados e chiques. Ah, o ar europeu brasileiro! Quem nunca vestiu um casaco 7/8 e um par de botas e agradeceu ao inverno, ao olhar-se no espelho, por existir e te deixar divino!

Mas além do prazer de vestir-se melhor e esconder todas as gordurinhas extras ganhadas na última páscoa e no comer bem que o inverno também guarda, o ato de “baixar as roupas de inverno” (imagino que a expressão venha do fato de que coisas que não usamos muito fiquem no maleiro do armário, sabe as portinhas de cima, que só alcançamos com visibilidade com uma escadinha auxiliar; ou no tato) também traz aquelas gostosas sensações de: “Ai que saudade de usar esse casaco!”, “Bah, nem me lembrava que tinha esse blusão”, “que maravilha finalmente usar as botas compradas em liquidação no final do inverno passado!”

Então, antes de reclamar para pular da cama de manhã por causa do frio, lembre-se de todas essas vantagens da estação e desfrute! Que venho o inverno. Seja bem-vindo com todo seu charme, lareira, cachecol e chocolate-quente!!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: